segunda-feira, 18 de novembro de 2013

COLUNA REVISTA EVIDÊNCIA DE NOVEMBRO

























Minha Matéria na Evidência Revista de Novembro 2013

Sessão Moda & Estilo



Elegância sob Medida

Ser ou estar...eis a questão!

A verdade é que existe uma grande diferença entre essas duas situações, quando se trata do fator elegância. Para entender melhor esta questão, podemos resumir dizendo que “estar elegante num determinado momento, não significa ser elegante em todas as situações da vida”. Isso envolve muito mais do que nossos olhos podem ver, vem de dentro, envolve ter a atitude certa, postura correta, e até saber como se expressar em palavras.
Mas em se tratando da roupa nossa de todo dia, o 1o. passo, consiste em conhecer melhor seu próprio corpo (Biotipo), e saber o que vestir e principalmente o que não vestir. Quem conhece sua silhueta consegue escolher a modelagem certa conquistando resultados incríveis, e acredite sempre haverá uma roupa que valoriza suas formas seja ela qual for.
À seguir conheça os 5 principais Biotipos.



Triângulo Invertido - A cintura é reta, a barriga um pouco saliente, as costas são largas e o quadril é estreito. Sua necessidade é valorizar seu quadril para que os ombros possam parecer menores. Para isso adotar estampas na parte inferior é uma boa idéia, e na parte de cima, abusar de tecidos leves e de cor neutra que dão leveza ao tronco. Procure destacar as pernas por usar vestidos e saias até o joelho e no caso das calças, as melhores são as de corte reto. Evite: camisetas de alças finas, ombreiras, mangas com detalhes, decotes quadrados ou em V profundo, calça skinny (risco de parecer casquinha de sorvete).

Triângulo ou Pêra - Este é o famoso corpo violão, os braços e a cintura são finos, os seios são pequenos ou médios, e o quadril é largo. Abuse do volume nos ombros e blusas mais soltas e esvoaçantes que diminuem o quadril. Saias, calças e bermudas retas ficam muito bem para essa silhueta. Evite: estampas em saias, calças e bermudas, pois deixam seu quadril ainda maior. Também roupa justa demais, já que o ideal é que a modelagem acompanhe a silhueta sem marcar. Saltos muito finos pois dão a impressão que vão quebrar, e bolsas grandes que adicionam mais volume ao quadril.

Retângulo - Essa silhueta é marcada pelos ombros, cintura e quadris que geralmente tem o mesmo tamanho, e as pernas que são mais finas. Neste caso a modelagem de roupa ideal é aquela que ajuda a criar uma ilusão, ou seja, desviar o foco de pontos como a cintura por exemplo. Saia evasê ou calça mais volumosa no quadril são boas apostas, pois fazem a cintura parecer mais fina. Blusas mais soltas são ótimas pois ajudam esconder a falta de curva nesta região, você pode abusar dos decotes, colares (principalmente os curtos), e detalhes nas roupas que vão desviar os olhos para os pontos que você quer que se destaque. Evite: roupas com modelagem muito reta, gola alta, blusas de lâ grossa, ou casacos com tecidos estruturados que deixam a roupa sem forma, e tbm vestido reto inclusive o tubinho preto.

Ampulheta - Essas são as privilegiadas, pois este biotipo por ser considerado o ideal, não limita na hora das compras e nem na hora da montagem de looks. Mantenha sempre a cintura marcada para não parecer que seu corpo é retangular, para isso use peças com pences e casacos com cintos por exemplo. Vestidos longos ficam lindos se a cintura for o foco, enfim essa é a dica principal, valorize o que tem de melhor, a sua cintura. Evite: vestidos trapézios ou blazer e camisas com muito volume nos ombros, pois qto mais o volume se concentrar em uma parte do corpo, mais você fugirá do seu ponto forte que é a cintura.

Oval - Neste caso, geralmente todas as linhas são curvas, e em alguns casos a cintura pode ser maior que o quadril. Sendo assim você deve procurar chamar a atenção para as parte mais finas do corpo e usar peças que criam uma falsa cintura, como túnicas, blazers e camisas abertas com detalhes verticais, que são sempre boas opções. Aproveite que o colo é uma das regiões mais bonitas do seu corpo, e valorize esta região com decotes em V e U. No caso das saias e vestidos, a modelagem ideal é aquela que termina em cima do joelho. Evite: tecidos que marcam demais como viscolycra, malha ou seda, e cintos largos e de cor contrastante ao da roupa. Calça skinny ou super pantalonas, dando preferência sempre ao meio termo, como as calças retas ou as chamadas boot cut,  (mas nunca de cintura baixa, que denunciam e ainda aumentam as gordurinhas). Também é muito importante prestar atenção nas estampas, já que as muito pequenas ou muito grandes, tendem a deixar o corpo maior ainda.
Essas são apenas algumas dicas, mas se você conseguiu se identificar através do desenho e da descrição, tenho certeza que irá tirar bom proveito delas independente do seu estilo pessoal, e estará no caminho certo para ser e estar elegante em todas as ocasiões e situações.

Nenhum comentário:

Postar um comentário