quinta-feira, 11 de outubro de 2012

CORSELET NA MODA-Saiba Mais




























Ele já faz parte do guarda roupa feminino à muuuuuito tempo, e sempre foi usado com o objetivo de destacar os atributos femininos, principalmente a cintura e os seios. O corselet do francês ou corset do inglês, juntamente com o espartilho, surgiram por volta do século XVI, e tinha como objetivo principal manter a postura e dar suporte aos seios. Somente por volta do século XIX, graças à invenção dos ilhóses e o uso de barbatanas de baleia – atualmente substituídas por PVC flexível e ortopédicas –, que a atenção foi voltada para a região do abdômen e teve início a era das cinturas minúsculas, conhecida como Vitoriana.

 Corselete na Era Vitoriana
  
A peça caiu em desuso no início do século XX, quando foi inventado o sutiã. Antes, passou por corpos famosos como as rainhas Carlota Joaquina, Elizabeth e Maria Antonieta. Passadas algumas décadas, o corselet continua em voga e veste “rainhas” de outros segmentos como Madonna, Britney Spears, Lady GaGa, Victoria Beckham, e aqui no Brasil Paula  Fernandes, Ivete Sangalo entre outras, que usam a peça de forma diferenciada, mas não menos chamativa, sexy e original.

 Paula Fernandes com corselet
Nos anos 40, depois da Segunda Guerra Mundial, os corseletes e espartilhos foram usados pelas Pin-ups e inspiraram o super estilista Christian Dior, que criou o New Look. Nos anos 60 eles se tornaram um acessório exclusivo do universo fetichista e voltaram a se destacar na moda no início dos anos 80. 

 Pin-up Girl - Harry Ekman
  
Mais recentemente em 2010, o espartilho voltou a ser destaque na moda, juntamente com o corselete, com dupla função: estética e modeladora. São 2 modelos específicos o UnderBust (tradicional que cobre os seios) e o OverBust (que parece um cinturão),

Podemos dizer que eles também são divididos em duas linhas principais: a de uso diário, chamada tight comfort, com desenhos básicos e que privilegiam o conforto e a leveza, e a fashion, ideal para festas e eventos mais glamourosos, que foca na beleza da peça e na riqueza de detalhes. Ambas as linhas são desenhadas de maneira a modelar o corpo, proporcionando resistência, conforto e um perfeito caimento, além de se compor muito bem com diversos tipos de blusas, calças e saias.

DICAS IMPORTANTES:

* Estampas florais e claras devem ser usadas nos corselets durante o dia.
* À noite e em ambientes festivos, predominam as cores mais escuras com tecidos bordados e com requintes de detalhes como bijouterias, laços, acabamentos e outros acessórios. 
* O corselet pode ser usado de dia com um jeans, pois fica bem moderno e descontraído e a noite fica lindo e sensual se combinado com saias.
* Não há limite de idade para se usar um corselete, mas como em tudo cabe o bom senso.
* Restrições: Se você tem os ombros mais largos que o quadril (Biotipo Triângulo Invertido) ele não é recomendável pois visualmente deixa os ombros maiores ainda. Se o seu caso for os seios grandes, também muita cautela, pois como o corselet comprime e levanta, eles parecerão maiores ainda.
* Segundo recomendações de profissionais, usar corselet regularmente ajuda e muito a afinar a cintura e na postura, no entanto deve-se tomar muito cuidado com o método tight lacing (do inglês "laço apertado") pois ele tende a empurrar as últimas costelas - chamadas de costelas flutuantes - para dentro, dando aquela impressão de cintura fininha, que na verdade se dá através de uma deformação na caixa torácica que pode prejudicar sua principal função, que é a de proteger os órgãos internos.  

LOOKS INSPIRADORES:
 
No ano passado eu comprei um underbust preto básico que uso em várias situações. Estou pesquisando alguns sites para comprar o modelo overbust também, se você estiver interessada, a seguir você pode acessar alguns dos sites que acho mais recomendáveis, e decidir onde deve comprar o seu:




3 comentários:

  1. Em 2013 ainda vai estar na moda?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, como o corselet já vem muito em alta desde o ano passado, ele com certeza deverá perder a força no próximo amo, mas isso não impede quem curte o estilo mais feminino, onde a cintura é o foco principal, ou quem curte um visual mais sensual de continuar a usá-lo, é tudo uma questão de adaptá-lo a necessidade, ou seja ele tanto pode ficar em evidência sendo o foco do look, como ser combinado com outras peças chaves como um blazer por exemplo. Obrigada por se manifestar, um Abraço!

      Excluir