segunda-feira, 18 de junho de 2012

SPFW - PRIMAVERA-VERÃO 2013























Esta semana iremos falar especificamente sobre os principais desfiles e tendências que foram vistas no SPFW, na semana passada. OBS: Você ainda poderá assistir a todos os desfiles apenas clicando na marca mencionada. Gostei muito do tema deste ano, que foi sustentabilidade do ponto de vista econômico, social e cultural: “A Gente Transforma: histórias que contam”. O evento teve como abertura o belo desfile da ANIMALE que se inspirou na África e veio recheada de Top Models e sua alfaiataria perfeita.

A Animale é bem conhecida pela mistura de materiais, e pelas composições monocromáticas, além das estampas de animais, que são a cara da marca. O couro e a camurça estiveram presentes na coleção e foram cortados a laser para acompanhar a silhueta feminina, assim como a estrutura de body que está por dentro dos vestidos, que brincam com as transparências das peças. Enfim a Animale não fugiu das raízes e agradou muito como sempre. No primeiro dia, ainda tivemos grandes nomes tais como:

Alexandre se inspirou no excêntrico Boy George (cantor dos anos 80) para criar sua coleção. Ele reinterpretou o universo dos anos 80, dando uma cara nova à década que mais inspira (e a mais explorada) pela indústria da moda. Ele mesmo afirmou em entrevista que ama revisitar esta época, pois foi qdo começou a se interessar por moda, vendo as roupas da mãe. As formas arredondadas e rígidas reapareceram de maneira mais leve. Destaque para o macacão com shape de smoking que fez sucesso na passarela. O estilista usou muito o tafetá de seda estampado e o jacquard, além do xadrez, em diferentes espessuras.
A botânica em geral serviu de inspiração para o estilista Eduardo Pombal criar a coleção verão 2013 da Tufi Duek. Os babados exuberantes remetem às pétalas sobrepostas das flores. Amarelo, laranja e variados tons de rosa gritam entre o branco e off-white. Uma coleção feminina, sexy e delicada formada em sua maioria por vestidos que deixavam boa parte da pele à mostra. Destaque também para as calças capri sequinhas. Em contraponto ao tom delicado da coleção, o esportivo e o utilitário aparecem em detalhes pontuais, como aplicações, recortes e jaquetas.
A marca apostou em uma coleção sensual, cheia de transparências, recortes, fendas e decotes. Com uma cartela de cores super democrática, que passeou pelas cores vivas, pelos tons pastel e pelas cores mais escuras, a coleção trouxe peças repletas de feminilidade. Destaque para os maxi colares de cristal com inspiração africana.
A Triton fechou o primeiro dia com uma coleção inpirada no Japão, e investiu pesado na alfaiataria desconstruída, cheia de assimetrias, lapelas em camadas, ombros estruturados e maxivolumes. A cartela de cores trouxe tons vivos como roxo, rosa, verde e azul. A referência oriental também pôde ser vista em conjuntinhos, vestidos e macacões em jacquard, que lembravam quimonos com brilho dourado e cetim.
RESUMO: Eu gostei bastante deste primeiro dia, principalmente das estampas e da cartela de cores que variou dos tons pastel aos tons mais fortes como o azul, o amarelo e o vermelho. As modelagens também me agradaram, prncipalmente as que se basearam na alfaiataria como a Grife Animale. Vamos ver muito mais amanhã, até lá gostaria de saber qual dos desfiles mais lhe agradou?

Para ver matéria sobre as grifes ELLUS e IÓDICE clique AQUI
Para ver matéria sobre as grifes FORUM e UMA    clique AQUI
Para ver matéria sobre as grifes COLCCI e OSKLEN clique AQUI
Para ver matéria sobre as grifes CAVALERA e SAMUEL CIRNANSKI clique AQUI

Nenhum comentário:

Postar um comentário